Tuesday, April 01, 2008

De Primeira

Gauchão 2008
Moléstia escala o time do Inter para as semifinais
Na reta final do Gauchão, doença misteriosa será responsável pelo desfalque de até cinco jogadores do Inter

"Aqui, até a virose é A", rá, rá, rá, disse Píffero

Saul Lisboa/Especial para o Pato Macho


A virose vai moldar o escrete colorado para a reta final do Campeonato Gaúcho. Uma doença rara, que só ataca jogadores quebradores de bola, atingiu os lados do Guaíba. Com ela, atletas da estirpe de Edinho e Wellington Monteiro estão afastados das quatro linhas de campos de futebol por tempo indeterminado e impedidos de jogar futebol por um ano. A doença é a a Brucutite A, e é transmitida pelo vírus Brucutus Cocitococus.

Sinistro

Outros quatro jogadores e um aspone, porém, apresentam os mesmos sintomas da virose e deverão ter a confirmação de seus exames ainda hoje. Além deles, o lateral Ramon e Maycon estão afastados e ficarão de fora da fase final do Gauchão. O caso mais grave é de Edinho, o mais atingido pela sinistra moléstia, e que pode vir a ser sacrificado nas próximas horas.

- Eles estão em observação e continuarão afastados por cerca de três meses. O tratamento é treinar passe e cruzamento dia e noite e realizar uma imunização racional, numa relax, numa tranquila, numa boa, como diria o Tim Maia, huehuehue - explicou o diretor médico do Internacional, Paulo Rabello.

Estádio foi vistoriado

Técnicos da equipe de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde estiveram ontem no Beira-Rio para fazer vistorias nas dependências do clube.

Foram analisadas as instalações do refeitório e do vestiário. A partir de amanhã, serão feitas visitas aos jogadores com os sintomas. Hoje, a Vigilância Sanitária fará uma coleta da água ingerida e utilizada pelos atletas.

- Por enquanto, está tudo dentro da normalidade. Depois juntaremos os dados para tentar encontrar o que causou a contaminação - afirmou a equipe de vigilância de alimentos da Secretaria Municipal de Saúde.

Como é do seu feitio, o presidente do Inter, Vitório Píffero, desdenhou os problemas efrentados por seu clube a partir de agora e ainda aproveitou para tocar uma flautinha nos azuis. Primeiro, falou que a Brucutite vai acabar com as dúvidas (certezas?) do treinador Abel Braga para montar um meio-campo racional, nas próximas rodadas. E depois, bonachão como sempre, ele disparou:

- Pelo menos, aqui, a visose é A. B é do outro lado da José de Alencar.

Com o raro e curioso surto, cujo foco seria em algum insidioso lugar no Rio Grande do Sul, atletas do Guarany de Bagé e do XV de Novembro de Campo Bom estão em alerta e podem ser isolados e colocados em quarentena nas próximas horas.

2 comments:

Nildo Júnior said...

Na verdade, o Inter está é com saudades do Pato e os jogadores estão é com Patite.

Marcelo said...

é, hehehe